outubro

horas

Agora são: horas e minutos - Seja bem-vindo ao Porto das Reliquias

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Até que ponto você conhece o que seu filho assiste na TV?

Bueno, o título do texto é meio intrigante, eu sei, porém, sim, esse é o objetivo. Hoje, com 18 anos completos, me encontro assistindo novamente diversos desenhos que assistia quando era criança. Frente a isto, comecei a pensar: até onde nossos pais conhecem o que estamos assistindo? Muitas vezes não se sabe a fundo o que um desenho pode ensinar ao seu filho.
Sempre ouvi muitas mãe dizerem que não gostam que seus filhos assistam desenhos "de luta", como dito popularmente. Pois hoje apresento a vocês um vídeo motivacional, baseado em uma das maiores séries de animes do mundo: Dragon Ball.

Goku, personagem principal da série Dragon Ball


Quem nunca assistiu ou ouviu falar de Dragon Ball pode estar se perguntando: o que 'desenhos de luta' tem a ver com 'Dragon Ball'? Eu respondo: tudo! Dragon Ball, como a maioria dos animes, gira em torno das artes marciais, portanto, é um desenho de luta. Porém, o que algumas mães não sabem é a mensagem que é passada aos seus filhos por este desenho, e eu digo com toda certeza, é a melhor possível! Já li vários depoimentos de pessoas dizendo coisas que apenderam com Dragon Ball, mas hoje mostro a vocês uma que achei bem simples e bem completa, mostrando o que um jovem aprendeu com alguns personagens da trama.
"Com o Vegeta, deixar o meu orgulho de lado. Gohan ensinou que estudar é importante. Trunks e Goten ensinaram-me que trabalho de equipe, é sempre o melhor caminho. Kuririn ensinou o que é ser amigo de verdade. O Goku ensinou para nunca baixar os braços, por mais difíceis que as coisas sejam"
Essas são algumas das lições aprendidas por cada um que assistiu ou assiste Dragon Ball.
Então queridas mamães ou quais quer pessoas que julgam desenhos e/ou jogos um tanto violentos: vamos analisar bem cada uma das coisas que nossas crianças vão ver, afinal, já diz o ditado: nem tudo que parece é. Enfim, o ideal é que cada um se mantenha informado sobre o que esta passando na televisão, pois a classificação indicativa existe, porém os pais que decidem o que seus filhos podem ou não ver.
Espero que gostem, já que este foi meu primeiro texto para o blog!


Um grande beijo, Caroline Lemos

2 comentários:

  1. Oi Denise! Bom dia! Estou passando para conhecer o seu espaço, que por sinal é lindo e de muita importância...Adorei esse texto explicativo, como você diz que foi o primeiro a ser publicado, valeu muito a informação para as mães...Parabéns! Já estou te seguindo com muito gosto.
    Beijos com carinho ღ˘◡˘ღ
    Marilene

    Blog folhas flores e sutilezas

    ResponderExcluir
  2. "Oi , vi seu blog na lista do blog "Grupo entre Blogs" vim conhecer e já estou te seguindo , vem seguir o meu também" Fica com Deus. http://izaartesecriacoes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada por deixar seu recadinho...Deus te abençoe!!!!